Tarifa de ônibus deve ficar congelada até outubro, anuncia prefeitura de Campo Grande

O prefeito Alcides Bernal disse hoje que, pelo menos, até outubro, a tarifa do transporte na cidade de Campo Grande deve permanecer igual, sem reajuste. Normalmente, o aumento é anunciado no início do ano, mas segundo Bernal, como a renovação do contrato com as empresas de ônibus ocorreu em outubro de 2012, é certo esperar um ano para nova negociação.

Hoje o valor é de R$ 2,85 para ônibus convencional e R$ 3,45 para o executivo. Antes de tomar qualquer decisão, o prefeito diz que espera o trabalho de uma comissão técnica criada para avaliar a legalidade do contrato firmado na administração passada com o Consórcio Guaicurus, formado pelas empresas Viação Cidade Morena, Campo Grande, São Francisco e Jaguar. “Foi assinado em período eleitoral”, justificou.

Durante a campanha Bernal ouviu a proposta de aliados, como o PT, para a redução no valor, com corte de R$ 0,25, de R$ 2,85 para R$ 2,60, mas agora isso parece improvável aos 190 mil usuários do transporte público.

Para conseguir o reajuste anual, as concessionárias alegam crescimento de 14% no preço do litro do óleo diesel, fator que pesa 30% no cálculo da tarifa. Levando em conta esse cálculo, o preço subiria para a casa dos R$3,00.





O MPE (Ministério Público Estadual) também já anunciou que irá acompanhar de perto as negociações para o reajuste na tarifa.

Fonte: Campo Grande News

Tarifa de ônibus deve ficar congelada até outubro, anuncia prefeitura de Campo Grande
Rate this post




Deixe seu comentário